Google contra os sites perigosos



O maior buscador da internet garante que irá contornar a situação e irá corresponder às expectativas de segurança.

Google contra os sites perigosos

O maior buscador da internet divulgou algumas de suas iniciativas para gerar mais segurança para seus usuários na internet. Após cinco anos do lançamento do programa Sage Browsing, voltado a preservar os internautas de malwares.
Tal iniciativa foi devido aos extraordinários números, que refletem na quantidade de usuários mal-intencionados na rede.
Destes resultados, o Google afirma que protege 600 milhões de usuários através de ferramenta de segurança inseridas nos navegadores Chrome, Firefox e Safari. Diversos avisos de seguranças são enviados diariamente, e uma tela vermelha de alerta é visualizada sempre que algum risco é detectado.
Aproximadamente 9,5 mil sites perigosos são detectados diariamente: desde as páginas sem malicia, alvo de pessoas mal-intencionadas, sites criados com um único objetivo de lesar os usuários. O Google afirma que poucos falsos positivos são relatados à empresa, o que geraria uma grande precisão.
Cerca de 12 a 14 milhões de pesquisas no Google diariamente, avisam os usuários sobre tais sites perigosos, e aviso de downloads com possíveis malwares são enviados cerca de 300 mil vezes ao dia.
A principal função com o programa é evitar a contaminação de malwares entre os resultados de sua ferramenta de busca. Para o buscador, estes são problemas de grandes desafios online, entretanto garante que contorna a situação e que irá corresponder às expectativas de segurança.

+ Nenhum comentário

Adicione o seu