Black Hat e White Hat: a escolha é sua



Ser ou não ser honesto? Eis a questão!

Existem dois caminhos a serem seguidos na utilização de técnicas do SEO (Search Engine Optimization), o Black Hat e o White Hat. Ambos tem significados opostos, o bem e o mau se unem para diversificar o modo de agir na rede. O White Hat segue as regras e utiliza-se da ética na hora de criar mecanismos para melhorar seu posicionamento nos buscadores. Já o Black Hat é o termo usado para as técnicas consideradas ilícitas ou abusivas pelos buscadores.

O praticante do Black Hat pode ser punido, por manipulação dos resultados. O Google oferece um endereço para denúncia de spam ou fraudes, para que o proprietário do site seja devidamente penalizado. Ela vai desde perda de posição até exclusão do site.

Fique atento para que seu site não possua irregularidades. Conheça algumas técnicas de Black Hat SEO que não devem ser utilizadas:

  • Texto escondido – esconder textos com alto teor de keywords dos usuários, não mostra os textos mal escritos, mas utiliza deles para melhorar seu posicionamento.
  • Links escondidos – manipular resultados por meio de links escondidos nas páginas.
  • Doorway pages – página de entrada contendo diversas páginas de baixa qualidade, otimizadas para ter um melhor posicionamento, mas não transmite nenhum conteúdo ao visitante.
  • Spam em comentários de blog – forma fácil de conseguir links, e utiliza de scripts para publicar em fóruns e comentários de um blog.
  • Comprar links
  • Keyword stuffing – uso excessivo de palavras-chave

Para utilizar-se de técnicas do White Hat SEO basta fazer tudo o que é legal e produtivo para seu site.

Vantagens de praticar o White Hat:

  • Subir de posição merecidamente
  • Segurança
  • Eficaz a longo prazo
  • Não sofre risco de exclusão

+ Nenhum comentário

Adicione o seu